Uncategorized

Powered By Jetpack

Eu gostaria de ser uma pessoa melhor. Até o momento em que, pensando nisso, concluo que ser uma pessoa melhor resultaria em não querer ser uma pessoa melhor por já ser, ou por tal me considerar, tornando-me então, por consequência e ao contrário, numa pessoa bem pior do que antes de tudo. Enfim decidi ser essa pessoa pior que quer ser melhor o resto da vida, ainda e, principalmente, que não consiga. Ou seja, uma pessoa pior em processo contínuo e infinito de melhora. Do contrário, não muda nada.

Anúncios

10 comentários em “Powered By Jetpack

  1. A paz de Deus Waldir! Excelente como sempre suas reflexões; creio que só o intento de buscar e saber que necessita ser melhor mesmo com todas as nossas limitações humanas já conta muito não é?! A pureza de coração é um dom *-* Abençoado final de semana prolongado – Abraços (:

    Curtido por 1 pessoa

    1. Amem, querida Ma! Certamente que sim. Havendo uma intenção, pode existir um fato. Nunca havia pensado na pureza do coração como um dom, no sentido de que não é conquista. Um dom pode ser até alcançado, mas não deixa de ser alcançado por meio de doação. Perfeito! A nossa busca se resume em buscar procurando sempre ser achado. Todas as nossas qualidades não são propriamente nossas, mas reflexos do Eterno. Muito obrigado pela visita ilustre. É um prazer imenso ter sua saudação. Peço como leitor o abastecimento regular dos devaneios, afinal, as férias já acabaram, rum! 🙂 Brincadeira séria… Abração e o mesmo pra você.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Acredite: O prazer é meu de agora, pela misericórdia de Deus, poder saudá-lo como irmão pela fé! Estou em dívida com todos vocês, mas em breve quero retornar com mais frequência. No tocante as férias, pela permissão de Deus, elas se prologaram por tempo indeterminado rsrs… Mas O Senhor é Maravilhoso, se for resumir o que Ele tem feito nestes últimos meses os caracteres do WP seriam poucos! Espero que por aí esteja tudo bem também, vocês estão sempre nas minhas orações 😀 A propósito, você também se ausentou um bocado pelo que observei; tudo é tempo né?! Desejo-te mais inspirações, porque é mui bom refletir em suas produções. Deus abençoe, abraço grande!

        Curtido por 1 pessoa

        1. Maravilha. Deus é Bom! Fico feliz em ler isso. 🙂 Está tudo ótimo. A não ser a já tão batida falta de tempo. Aliás, nem sei se é falta dele ou mau uso, rsrs. É verdade que ando bem improdutivo aqui em publicações, apesar de continuar escrevendo um tanto, procrastino as finalizações. Você é generosa com esses trechos, sempre estimulando, obrigado mesmo, vale muito. Agradeço de coração as orações, têm sido valiosas. Abração, amiga. Deus continue a abençoando mais e mais. Ótimo domingo e semana.

          Curtido por 1 pessoa

  2. Creio que o bom senso manda sermos o que somos. Claro que continuamente pretendemos ser uma pessoa melhor, mas, corremos o risco de nos violentarmos e, ao invés de sermos o que somos, passamos a ser o que outras pessoas querem que sejamos. Depreende-se dai, que o conceito de bom ou mal, precisa estar preso às nossas próprias convicções do que estes antônimos sejam, e delas floresçam o nosso “eu” . Precisamos ser autênticos e não nos deixarmos jamais cair na tentação de nos tornarmos atores cotidianos para que gostem de nós! É aquele negócio; ser bonzinho encanta, mas cansa! É melhor então sermos gentis conosco, sermos o que somos dentro do parâmetro das nossas convicções de certo e errado! Enorme abraço grande Waldir. Vivemos tempos controversos, onde o nosso dia-a-dia requer extrema atenção e o amanhã nos é incerto. São tempos de “turbação”! Você já viu esta palavra em algum lugar não viu? Tempos em que, te afirmam que o errado é o certo e o certo é errado! Que a família tradicional é tida como desnecessária, que é errado ter pais, que o correto é cuidadores! Que a relação entre empregador e empregado não é mais trabalhista e sim, de LUTA. Que somente a bandidos nos são ofertados a votar, as agremiações políticas se tornaram quadrilhas de facínoras, canalhas se tornam ícones e ídolos, o nosso líder oficial máximo veio, é igual e é aliado dessa bando de hienas e a nossa Casa de Justiça Máxima apequenou-se, “miudeceu-se” pelo nanismo que tomou conta da honra dos seus componentes, salvo duas raríssimas exceções. O povo? A sim… o povo! Bem, a honra do povo existe com a policia nas ruas. Dispa-se o povo da policia e se verá que ele é o espelho dos originados, indicados e eleitos pelo povo, acima! Que pena! Como eu queria não estar com a razão!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigado pela visita, caro Athos. Que muito traz e quase nada leva. Mas eis o que posso dar-lhe, um “que pena!”, você está realmente certo! Permita-me, porém, voltar nos inícios do que disse, recorrendo a síntese: A maldade também reside na ausência do reconhecimento dela em nós mesmos, ainda quando na prática da bondade. Porque quando eu, visando o aperfeiçoamento, faço o bem, raramente o executo sem que haja nele uma chispa do vão interesse. Difícil é vê-la, mas ela está lá, ou melhor, aqui. Mostrando a maldade dentro da própria bondade. Glórias a Cristo! por Ele próprio ter repreendido um que lhe disse: Bom mestre, ao que teve como resposta: Bom é Deus! Está aí a verdade absoluta. No Altíssimo a Bondade não sucumbe à relativização. Ainda que, evidentemente, Cristo é bom, Ele mostrou com a resposta pronta o abandono da vanglória, pois enquanto humano, estava sujeito às mesmas prevaricações. E ensinou-nos a não confiar em nós mesmos, recusando elogios que, por mais sinceros que sejam, nos levam a ser o que não somos: Bons. Quanto ao seu retrato dessa sociedade, nada resta a acrescentar, e subtrair seria compartilhar da mentira. Se somos maus, que ao menos tentemos não ser mentirosos. Contudo, cabem aspas. Tudo o que é impossível piorar, pode muito bem melhorar, após a piora definitiva… Forte abraço, caro Athos. Sou grato pela visita após longa ausência. Que foi sentida! Mas que trouxe um grande e valioso bem, o ser lembrado.

      Curtir

  3. Waldiiiirrr!!! Que saudade dos seus textos… Tava passando pra ver as suas novidades e achei essa pérola! De fato, a nossa melhora tem que ser um processo contínuo. Abraço, meu amigo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s