Poesia · Uncategorized

Não consigo lembrar de te esquecer

Não consigo lembrar de te esquecer
Sinto haver mais pés que chão
Mais distâncias que caminhos
Neste vale de carnes gordas de podres
Doce lar de desesperados monstros
Um passo, um ato, um fluxograma
Têm peso de ar, valor de centavo
A estilística não me seduz
Não quero visitas de necrófilos
Eu ainda busco uma faísca
Palavra de verdade e não verso caprichado reescrito mil e uma vezes de mentiras e falcatruas literárias,
Que faça essa folha pegar fogo
Que cause um curto no teu bairro
E que exploda a monotonia sem fio e sem vida e sem amor,
(Desses que buscam humilhar humilhados, queimar queimados, afogar afogados)
Danados rindo da danação alheia!
Folha que leve meu calor pra te esquentar
E um susto emboscado pra você pensar
Tenho tanto a te dizer, tanto!
Perdoe, é que não sei falar.
Perdoe, é que não sei te amar.
Perdoe, é que não perdi toda a vergonha na cara.
Se tais letras vão assim distorcidas,
A causa é a mente que não sai da cabeça
Os miolos não caem dos dedos
A tinta não é do sangue de musas
Só um homem que escreve
Com ajuda de braços
Sentado na cadeira com a madrugada e o sereno
Preso num corpo cansado
Admoestado a suportar o frio do inverno
E o calor do meio-dia
Lutando pra lembrar de te esquecer

Anúncios

2 comentários em “Não consigo lembrar de te esquecer

  1. Talvez o necessário seja converter, não esquecer. Não se tira da cabeça o que já entrou no coração. O ideal é direcionar a forma de amar para a pureza do real sentido do Amor; talvez não seja tão simples. Recorre ao Pai, pois tudo podemos com a ajuda d’Ele. 🙂 Lindo dia, Wal. Abração!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s