Contos · Humor

Amanhã é natal, só amanhã

santa-claus-1073491_960_720

Se você não me conhece bem ainda ou curte textos mais sensíveis, sugiro, peço, por favor, que leia esse texto antes, o que segue abaixo tem palavreado chulo. Leia por sua conta e risco. De qualquer forma, muito obrigado pela visita! Feliz Natal e Próspero ano novo a todos. Agradeço imensamente a recepção e paciência dos daqui, e o acompanhamento e amizade dos de lá.


Mas esse trânsito que não anda, e amanhã é natal. Amanhã é natal. Por que neste exato momento agem como se hoje fosse amanhã? Olha aquilo! Sinal fechado e ninguém passando na travessa, mas essas mulas não furam. É amanhã que é natal, porra!

Ô seus merdas! Furem isso! Tenho muito o que fazer. Mas não é possível que esses animais não saibam, não entendam que amanhã é que é natal.

Nossa, que gostosa! Ei, ei, gostosa, quer uma carona?
Vai tomar no cú, tarado!

Eita, esta sabe que amanhã é natal. Deve ser evangélica, está de saia. De saia é. Será que é das safadinhas que andam sem calcinha? Olha lá, rebolou. Hahaha. Dizem que é assédio, mas na verdade gostam. Haha.

Ufa, finalmente. Vou jogar essa lata de cerveja na rua. Amanhã é natal. Se alguém me fechar, vou xingar. Falar um monte de palavrão. Porque amanhã… Vou ser um anjo. Nossa, como vai ser difícil. Detesto natal, detesto.

Quanto?
Cinquenta!
Tudo isso, ta tirando com a minha cara?
Ta barato é demais, seu moço. Ainda mais em véspera de Natal. Muitas nem trabalham nessa época.
Sei bem disso, to caçando uma faz tempo. Mas você tá bem? Quero dizer, ta doente não, né?
To boa é demais.
Quero muito palavrão, repertório completo.
Ih, palavrão é mais caro, cinco reais de acréscimo. Eu não gosto de falar palavrão nessa época, dá azar.
Agora pronto! Uma prosti beata natalina. Tô fudido. Mas dá um desconto, vou pagar à vista. Só tenho 52,60 em grana.
De jeito nenhum, desconto aqui não existe. Você tem cartão, não? Eu aceito Visa, Master, Diners, Elo, American e até Discovery. Só não aceito cheque e promissória. Tenho aquela do pagseguro, funciona até com 3g. Super prática. Já viu?
Tô falando, é cada uma. Como vai aparecer na fatura? Dando e Cia? Porque minha mulher não pode saber.
Que nada, vai aparecer Melissa Brindes, pode dizer que é presente que comprou pra ela.
Assim, sim. Mas é débito só, aceita crédito?
Aceito, mas crédito tem acréscimo de 4,5%. Parcelo em 3 vezes, mas com juros de 1,9% ao mês.
Agora sim, gostei.

Ô mulher, esta comida sai não, quero almoçar.
Calma amor, Tô preparando também o peru. Calma que já sai.
Diacho, você é uma mula de lerda mesmo, hein?!
Moleque, ainda não foi caçar emprego, vagabundo?
Pai, eles não dão emprego pra mim, tenho só 7 anos.
Ah, moleque burro e preguiçoso. Na sua idade eu vendia mandioca na pista, viu! Com a mesada que te dou, dava pra comprar uma caixa de isopor e estar vendendo sorvete, seu bostinha.
Vai se foder…
Quê, moleque! Quê?
Nada pai, não pai. Não, Paiiii, nãooooo!
Amor, pára. Vai matar ele. Na cara não, amor. Na cara não!

Grande, Waldir. Como vai meu amigo.
Beleza pura, Natalino. E você?
Ah, meu amigo, estou aí para o que der e vier. Alguns problemas com o guri. Eita moleque boca suja. Não sei com quem aprende tanto palavrão.
É assim mesmo, Nata. Esquenta com isso não. Palavrão é arte.
Pode ser. Mas e aí, que está achando da política…
Vixi, ta bom. Gosto de viver num país sem governo, era meu sonho de criança.
Hein, hein, hein. Chega mais, chega. Falar baixo… Seguinte, conheci uma tal de Melissa Brindes, rapaz… E você, ta comendo fora não?
Tô nada. Se for pra isso, divorcio. Casamento é troço sério, irmão.
Ah meu amigo, não sabe o que ta perdendo, Melissa Brindes faz coisas inacreditáveis.
Po, Natalino. Dá um tempo. Sua mulher é uma santa, faz isso não, cara.
Minha mulher já ta na menopausa, não quer mais nada. Mas amo ela, é só passatempo. Tenho necessidades, se ela souber, é capaz de nem ligar. Tentei ficar na bronha, mas cansei.
Vou nem falar nada. Cê sabe o que faz.
Sabe o que me irrita, Waldir. É essas novelas com beijo gay. Agora até velha, cara.
Nata. Tô nem aí. Que se foda. Pra falar a verdade, meu negócio é contra propaganda nas escolas, de resto, tô pouco me lixando. Podem não somente beijar, mas mostrar logo a real.
Cara, mas isso é contra os bons costumes. Sou conservador. Homem sério, gosto disso não. Meu filho viu essas coisas e fica me perguntando.
Nata. Eu quero mais é que se foda, bota seu filho pra ler, caramba. Não tem um livro na sua casa.
Que livro? Serve pra nada isso não. Eu nunca li um e nunca me fez falta. Não leio nem a Bíblia. Ele tem é que trabalhar, aquele moleque. Essas ideias literárias fazem mal. Mas cara, esse negócio de gay na TV é terrível, que você pensa disso tudo.
Nata. Eu não assisto. Simples assim. E, no geral, tenho uma teoria. Todos são pessoas, ninguém é gay ou heterossexual.
Como? Não entendi. Você não é hetero? Que conversa estranha, meu.
Seguinte, hetero é o quê? Alguém que gosta de pessoas do sexo oposto, ou alguém que faz sexo com pessoas do sexo oposto? Se for a segunda opção, que é no que acredito, então nesse exato momento não sou hetero, afinal, para ser, precisaria estar fazendo sexo aqui no seu quintal. Nesse momento, sou gente.
Faz até sentido. Mas esse negócio na TV é imoral, bons tempos quando só passavam Presença de Anita.
Quê? Presença de Anita? Tomar no… E não é imoral a Melissa Brindes? Ou você acha que vai pro céu comendo todo mundo na rua, enganando sua mulher e espancando seu filho. Você acha que eu não vi que o moleque ta todo quebrado?
Po, pega leve. É diferente. E foi só uma surrinha normal. Exagero…
Diferente, porra nenhuma. Eu deveria era te dar um pau e denunciar você.
Some da minha casa, imbecil.
Com muito prazer, e vai se foder!
Só não respondo, Waldir, porque hoje é natal. Mas amanhã te ligo e vou mandar você tomar no cu.

Anúncios

13 comentários em “Amanhã é natal, só amanhã

  1. Amei, simplesmente adorei seu texto! Mais realista não tem como descrever.
    Nem sei como comentar de tanto que gostei. Ah, isso é porque você já disse tudo aí em cima.
    Perfeito, todos deveriam ler, tenho certeza de que tem muito mais gente assim do que se imagina. Dia de Natal é igual a depois que morre, todos viram santos. rsrs
    Feliz Natal querido, me encantou.
    Bjooo

    Curtido por 1 pessoa

  2. Caríssimo, há quanto tempo! Pergunta: é impressão minha (e, portanto, equivocada) ou esse texto tem influência de Rubem Fonseca? Lembrou-me muito a construção de alguns de seus contos mais marcantes. Uma estrutura meio fragmentada, que no todo compõe um mosaico realista – e recheado de palavrões. Outro paralelo: ele fez algo mais ou menos assim sobre o Ano Novo, vc sobre o Natal. Seja como for, vc está de parabéns. Porque, com ou sem influência, vc manteve o seu estilo e o seu humor, neste caso associados a um retrato hiper-realista que é simplesmente impecável. Mais uma obra-prima. Abraço – e em tempo: FELIZ ANO NOVO!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Tempo demais mesmo. Mas há que se dar um tempo mesmo. Cá eu estou também a precisar, logo logo vou pra um retiro também por uns dias. Sem nada de ondas ou telas pairando sobre mim. Você está certíssimo. Me veio na lata ao ler o primeiro capítulo de o Seminarista. Tô virando fã daquele Senhor que não gosta de ter fã, kkkk. FELIZ ANO NOVO, caro Laércio.

      Curtido por 1 pessoa

      1. Rarará, gostei da sua idéia: vc acabou de definir a forma mais maquiavélica de contrariar Rubem Fonseca. Se nós quiséssemos encher o saco dele mesmo, pra valer, era só fundar um Fã-Clube do Rubem Fonseca, rs. Curioso que ele não é o único. Aqui em Curitiba, o Dalton Trevisan, que tem horror de ser reconhecido na rua. Há também o caso Salinger. Enfim, não siga esses exemplos, rs. Abraço!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s