Recanto das Letras · Tautograma

I de Idiossincrasia (Republicação)

Inicialmente, incitado, injuriado, impelido. Imaginei impropérios irresponsáveis, impublicáveis, impenitentes, imperativos, imperdoáveis. 

Impedi-me inabitualmente, ignorando ignorante ignorância. Ignorei. Implementei impossibilidades imponenentes, importantes. Ignorante implacável, inconveniente, inconsciente, inconsequente, imbecil, incréu?, incomodou-me ininterruptamente, irremediavelmente. Incorporou-se incrivelmente indigesto, idiota idiotizante indelicado indelicante.

Indignado inflamei-me. Informei-me imprimindo imprecações inflexíveis. Inverti injúrias inomináveis, insubstituíveis, idealmente intrínsecas. Insensibilizei-me inquestionavelmente. Insistiu insistindo, insipiente! Insinuando imperfeições insofismáveis. Inseguro, insensato, insculpiu inscrição indireta injustificável, inquisitorial. Insuportavelmente insuportável.

Idealizei insurreições integrais. Instrui-me inocentemente. Institui instruções intensas internamente intercomunicativas Interessantes. Iniciaram-se iniciando-se interferências interpartidárias. Interrompidas informalmente, inflacionaram-se infinitamente. Infiltrações infelizes induziram inúmeras infelicidadeS. Indigestos intervalos interligaram-se incontavelmente. Ingressei incomunicável. Inconversável 
Inumano inconversível intuitivamente indicava insucesso. Intato inspirei impaciente. Insistente insistia insolente, insólito, incapaz, infiltrando-se infernizando, intrigando inominadamente. Infestou infelicidade. Infeliz? Inferiu inexperiência inexistente. Inevitavelmente indiquei idiotice inerente. Inimigo insolúvel irou-se irou-me. Indelevelmente. Irradiando indecência ironizou, ironizara, ironizava ironicamente. Inviabilizaria, inviabilizara, inviabilizou, inviabilizará Irmandade, Irrealizando-a indefectivelmente? 

Inventou intrujices. Introduziu intrigas inventivas, inteligente! Invejoso? Inverossímil inversor? Inimitável infundi ingredientes íngremes. Inimagináveis injeções inibidoras inguinais. Iníquo? injustiçara-me injustamente inundando intratáveis invectivas inventariadas introspectivamente. Irredutível investida irrestringível isolou-o. Intranquilizou-se. Interpretaram internacionalmente identidade infratora. Interferências internas interferiram interiormente inter-relacionamentos inimagináveis. Indisposto internei-me interdito. Interditado?

Interessados inquiriram intergalácticas informações. Impossibilitado informei insegurança inquietante: Inscrições inseridas inominadas. Insociável insidioso insanamente insincero inspecionou internet. Insuperável infortunado infrene instalou instante insuspeito indagando informante inóspita. Insuspeitadamente instituiu instância impossível, impossível, impossível, (im) possível. Intentava indisponibilizar intelectos inteligentes igualmente invencíveis. Identificou infindo idioma imoderado inusitado instantâneo, in(Abá)lável. Instantaneamente imobilizara-se imobilizado. Indignou-o indizíveis indisposições indóceis? Inocentou-me insubornável instrumentista? íntegra. Ignorante insistirá? Irmão? Inimigo?

Publicado originalmente no Recanto das Letras em: 20/11/2015
Anúncios

5 comentários em “I de Idiossincrasia (Republicação)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s